Sobre e-mails em HTML ou sem formatação

Eu participo de um bocado de listas de discussão, há um bocado de tempo. Eu estava lá quando o eGroups ainda não tinha sido comprado pela Yahoo! (nem o GeoCities), e a maioria das outras listas de discussão era gerenciada através de comandos inseridos no corpo da mensagem — nada de formulários HTML para inscrição ou cancelamento. Desde aquela época, eu (quase) sempre preferi e-mails sem formatação, até para diminuir a poluição visual (e o tamanho do download) dos e-mails nas listas do hoje Yahoo! Grupos, mas principalmente para não tirar o foco do principal, que é o conteúdo do e-mail. Hoje em dia em dia é raro eu receber e-mails em HTML, mas recentemente percebi algumas notórias exceções em listas de discussão relacionadas ao GNOME. O mais impressionante é que isso não me aborreceu, nem um pouquinho.

Uma das vantagens de não ser mais adolecente é conviver pouco com adolescentes. É muito raro eu encontrar Comic Sans em um e-mail, e mesmo uma lista de discussão de médicos a maioria dos e-mails é escrita em texto sem formatação. Mas Stormy Peters, por exemplo, usa HTML em seus relatórios semanais à Fundação GNOME. Como esses e-mails não têm folha de estilo, a mensagem é exibida usando as mesmas configurações de fonte que todos os outros e-mails que recebo. O uso do HTML aparece na hora de listar itens, fazer links, ou raramente para enfatizar uma palavra. Tudo muito razoável.

Na equipe brasileira de tradução GNOME, um ou outro membro também escreve e-mails em HTML. Tudo muito discreto, um negrito de vez em quanto. Desde que entrei na equipe, só uma vez precisamos chamar a atenção de um membro para seus e-mails berrantes. Problema resolvido, e a pessoa continua a colaborar com a tradução do GNOME.

Acho que fiz as pazes com o e-mail com HTML. Pretendo continuar a escrever sem formatação, até porque o “sem formatação” do Evolution é cheio de pequenos truques muito funcionais, mas vou considerar HTML quando houver a necessidade de links e outros recursos.

Também observei como que, às vezes, vale a pena não fixar algumas regras. Se alguém perguntasse nas listas de discussão de que participo, boa parte dos assinantes diria ser favorável a proibir e-mails com HTML. Mas ninguém se deu ao trabalho, e prevaleceu o bom senso.

Uma resposta em “Sobre e-mails em HTML ou sem formatação

  1. Eu sinceramente uso a internet desde os primórdios da liberação para empresas privadas no Brasil. Sou usuário Linux há 12 anos e uso principalmente em servidores, já trabalhei na ex maior distribuição nacional e já participei e participo de dezenas de listas. Tenho desktops Linux assim como tenho Windows (que por sinal é a que estou usando nesse momento) devido cuidar de grandes ambientes heterogêneo.

    Antigamente eu me importava e ficava nervoso com emails em HTML, principalmente em listas, ainda mais quando eu ainda usava o pine. Antigamente tinha uma causa devido as listas serem técnicas, os links de acesso bem mais lentos e ainda para poupar tempo, clientes de emails de visual mais limitado.

    Depois de anos, a gente amadurece e coisas que antes de importava, agora tem menos importância. Hoje em dia, se importar com isso é ficar nervoso sem causa, ou seja, é ser chato. O que é feio para um, é bonito para o outro. Se alguém gosta de escrever em azul, o problema é dele. Se gosta de escrever usando emoticons gráficos, o problema é dele. Isso não atrapalha em nada o conteúdo.

    Gostaria de ver as pessoas que ainda se importam com isso recebendo um email todo em HTML de um CEO de uma empresa todo em HTML. Dúvido que responderia para ele que não está lendo o email porque é em formato HTML ou que ele deveria parar de escrever assim. Trabalhando em um ambiente grande, duvido que essas pessoas que não gostam de email em HTML pediria para todos pararem também.

    Sendo assim, a gente acostuma e o que era feio, ruim, pesado e chato acaba ficando normal, de forma que hoje para enfatizar pedidos e outras coisas, até eu uso email em HTML.

    Desculpa que o email fica grande, hoje até um link 3G dá conta do recado. Portanto, na minha opinião se importar com isso é uma coisa totalmente sem lógica para um formato que praticamente virou um padrão de email.🙂

    Abraços,

    Roger

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s