Banco do Brasil 64 bits

Historicamente, o calcanhar de Aquiles do GNU/Linux 64 bits foi justamente o software proprietário, como Java e Flash. Mas enfim esses empecilhos foram resolvidos. Toda a web foi conquistada pelos sistemas 64 bits… Toda? Não! O Banco do Brasil ainda resiste bravamente ao invasor. (Se você não entendeu a piada, precisa ler Asterix.) O mal falado identificador de computadores do Banco do Brasil é simplesmente incompatível com o Java 64 bits, que diga-se de passagem funciona muito bem para o ainda mais mal falado teclado virtual do mesmo banco. Isso impossibilitava os usuários brasileiros de GNU/Linux de 64 bits de acessar normalmente suas contas  no Banco do Brasil, mas descobri que esse ano as transações financeiras estão sendo liberadas caso o miniaplicativo de identificação não possa ser executado. A mensagem é assim:

Não foi possível identificar seu computador. Acesse a página de diagnóstico para tentar corrigir o problema.

As transações financeiras estão liberadas. Caso prefira continuar o processamento, clique no botão ‘continuar’ abaixo.

Até poucos meses atrás, em caso de incompetência incompatibilidade, as transações financeiras não eram permitidas, trazendo a necessidade de uma série de expedientes para contornar a situação. Ultimamente eu estava usando o Mozilla Firefox para Windows, rodando sobre o Wine — o Firefox para Windows é 32 bits. Outras opções eram instalar o navegador dentro de um chroot, ou mesmo dentro de uma máquina virtual. Por fim, Gustavo Noronha (kov) até sugeriu fazer o navegador identificar-se como um iPhone, porque nesse caso o Banco do Brasil retira arbitrariamente o teclado virtual e o identificador de computador (leia esse comentário). Mas todas as soluções têm suas limitações: o chroot só é acessível a usuários bem avançados, a instalação via WINE não permite imprimir comprovantes em PDF, a máquina virtual também sofre muito em usabilidade, e um simulacro de iPhone herda todas as limitações que o Banco do Brasil impõe aos usuários do celular.

Enfim, reuni as dicas acima mais para deixá-las guardadas em algum lugar. Espero não precisar mais delas, mas nunca se sabe.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s