Deixando a equipe de tradução do GNOME

Estou lutando contra uma tendinite de antebraço direito há mais de um ano e meio. Já fiz fisioterapia duas vezes, e melhorei minha postura, meu mouse e meu teclado, e a tendinite sempre volta. Já me afastei da equipe uma ou outra vez, inclusive por esse e outros motivos pouco participei da tradução do GNOME 2.26. Só que é difícil demais para mim diminuir meu envolvimento com a tradução, eu acabo sempre participando das discussões, e é só o antebraço direito melhorar um pouco que eu volto a estropiá-lo num fim de semana. Mês passado meu antebraço esquerdo começou a doer também. Decidi então dar um tempo (talvez definitivamente) na minha colaboração com software livre. (Veja também: Dicionários para Aspell e Vim disponíveis para adoção.)

Depois que o GNOME 2.28.0 for lançado, saio da equipe brasileira de tradução do GNOME. Inclusive já passei adiante a coordenação, para um dos tradutores mais experientes da equipe, Rodrigo Flores. Fico tranquilo quanto ao futuro da equipe, o desafio de aprimoramento e renovação é constante mas o elenco é de primeira, e como “consumidor” sei que receberei um GNOME 3.0 ainda mais e melhor traduzido que agora.

Agradeço sinceramente a todos os tradutores, dentro e fora da equipe, pelas palavras gentis e encorajadoras que recebi ao anunciar meu afastamento. Espero um dia voltar a colaborar para o aprimoramento da tradução de software livre, mas se não puder, saibam que sentirei muita falta de vocês.

Dia 22 a 24 de outubro deverei apresentar uma palestra no Latinoware (Foz do Iguaçu), resumindo minha trajetória na tradução de software livre. Apareçam!

6 respostas em “Deixando a equipe de tradução do GNOME

  1. Pingback: Dicionários para Aspell e Vim disponíveis para adoção | Leonardo Fontenelle

  2. Porra camarada que pena, mas eu lhe entendo perfeitamente, pois também acabei me afastando bastante do compromisso de colaborar com software livro de forma mais ativa, devido aos problemas externos (pessoas, saúde, etc). Mais o que realmente importa é o legado deixado, sua contribuição foi deveras importante não somente para a comunidade, mas principalmente para as pessoas que de alguma forma interagiram com você. Gostava muito de trabalhar com você, aprendi muito e tenho certeza que assim é na sua vida profissional, pessoal, fora das comunidades livres. Vida longa pra ti e obrigado por ter agregado tanto para todos nós.

  3. Obrigado pela dica, Robinho. Há muitos meses, talvez mais de um ano, estou fazendo intervalos de 2 minutos a cada dois minutos de digitação (isso quando estou bom). A quantidade de alongamento depende da fase de recuperação, e sinceramente os estudos mais recentes indicam que os alongamentos não são capazes de prevenir lesão em esportes. A tendinite relacionada à digitação, infelizmente, é pouco estudada.

  4. Pingback: Assumindo a equipe de tradução do GNOME

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s