Referências bibliográficas no BrOffice.org

Estou escrevendo minha dissertação de mestrado, e gostaria de sugestões para gerenciadores de bibliografia para o BrOffice.org. Sei da existência de algumas ferramentas, tanto o próprio gerenciador do BrOffice.org quanto ferramentas adicionais e aplicativos externos com algum grau de integração com a suíte de escritório. Mais do que a facilidade de entrada de citações, ou de gerenciar a lista, estou interessado em saber como fica o resultado final: se as citações aparecem na lista de referências de acordo com o padrão da ABNT.

Alguém aí tem uma história de sucesso ou fracasso para compartilhar?

Dear wine packagers

Recently I found out some Windows applications require the MS core fonts to work properly under Wine. Not every GNU/Linux or *BSD user will install those fonts spontaneously, so please make sure the Wine package depends on the fonts packages until this bug report is fixed. Thanks!

Users: I already emailed all packagers listed in Wine’s download page. If your distribution is not listed there, please consider filling an enhancement request on your distribution bug tracker.

po.vim is up for adoption

The po.vim syntax file and the corresponding ftplugin file make Vim an efficient translation tool, with the pros and cons of showing the “gory details” of the file format. While the ftplugin still lives in the Vim.org scripts repository, the syntax highlight file is already distributed with Vim itself. In the last years I made Vim spell check only translated text and improved the highlight and spell check of XML tags, but now I don’t have the time or interest in further development. If anyone wants to add a feature or fix a bug in the syntax file, please send a patch to bram at moolenaar net. Thanks!

Debian versus GNOME

Acabei de revisar a lista de relatórios de erro de tradução brasileira do GNOME. Infelizmente, praticamente todos os relatórios eram a respeito de traduções do GNOME 2.22! Já estamos encerrando o ciclo de aperfeiçoamento de GNOME 2.26, e em breve começaremos a traduzir o GNOME 2.28. Eu demorei um pouco para entender o motivo de tanta defasagem, mas aí lembrei que a versão mais recente do Debian ainda traz o GNOME 2.22.

Continuar lendo

Você já mediu sua PS hoje?

Segunda-feira assisti a uns trechos do filme Garota da Ambulância (Ambulance Girl; veja artigos em inglês no IMDB e na Wikipédia). Achei muita graça nos socorristas falarem em medir a “PS” dos pacientes! O que nos Estados Unidos se chama BP, blood pressure (pressão sangüínea) no Brasil se chama PA, pressão arterial. Esse tipo de coisa me lembra o comentário de Richard Hughes sobre como o empenho dos tradutores de software livre acaba resultando em traduções melhores, mesmo com as limitações inerentes ao trabalho voluntário.

How do I keep multiple contact lists synced?

I always wanted to have one true contact list, and share it between my desktop and a mobile device. Paper phone books are much easier to enter and retrive contacts, to be honest, but they are not backup- or sync-friendly, and after months they get a mess and need to be started over. On the other hand, I was never really able to really sync my Evolution contact list with a PDA, a cell phone or even my N800. There’s always an issue: poor syncronization software, mobile device can’t handle many contacts, different applications use different parts of the vCard specification and so on.

So, I guess this is sort of a Dear Lazy Web post. I’d like to know your successful stories: which devices and software did you use to keep the same contact list in the desktop computer and in the mobile device (PDA/cell phone etc.)?

Thanks!

Fundação GNOME elege seus diretores

Essa é a primeira vez em que participo da eleição do Conselho de Diretores (Board of Directors) da Fundação GNOME. Achei curioso observar que, dos 10 candidatos, 2 são brasileiros, mas nenhum mora no Brasil: Lucas Rocha mora no Reino Unido, onde trabalha para a start-up Litl, enquanto Og Maciel mora nos Estados Unidos, para onde sua família se mudou há mais de 15 anos; ele trabalha para a rPath. A presença dos brasileiros não é apenas no Conselho de Diretores: dos 382 membros da fundação, 15 são brasileiros.

Continuar lendo