Saúde da Família

Fugindo ao tema deste blog, eu gostaria de divulgar um texto meu publicado em outro lugar. Se você já ouviu falar em Estratégia de Saúde da Família ou em PSF, mas ainda não tem certeza do que é isso, confira meu artigo a esse respeito. Citação:

Um dos grandes diferenciais da Estratégia de Saúde da Família é a definição clara do território e, mais importante, das pessoas sob responsabilidade de cada equipe. Isso fortalece o vínculo da equipe com a população, o que é fundamental numa época em as condições crônicas se tornaram muito mais importantes para o sistema de saúde do que as urgências e emergências. O agente comunitário de saúde (ACS) é fundamental na formação desse vínculo, já que ele faz parte da população atendida pela equipe em que ele trabalha. […] O médico de família e comunidade é especializado nos problemas de saúde mais comuns e importantes, principalmente naqueles que fazem parte das condições crônicas. […] O que define a especialidade é o contexto da assistência, não a parte do corpo.

Esse artigo foi publicado num blog sobre Psicologia mantido por Vladimir Melo e sua esposa; confira também seu blog sobre tradução de software livre.

Fixing original messages

I’m confident the Brazilian GNOME translation team is going to deliver a high quality and comprehensive translation of GNOME 2.26. For this release, we gathered a larger number of active and experienced translators, and we started working early. But I don’t like keeping things easy, so I decided to follow Andre Kappler’s advice and started filling bug reports about wrong or confuse original messages. We (the pt_BR l10n team) are already used to doing that, but having started early the translation efforts means we have the time to get the original messages fixed before the string freeze, and before they get (mis)translated. Weeks (days?) before GNOME 2.24.0 was released, I found a couple of ambiguous messages, and asked the developer to fix them, but it was already too late (the issue was fixed only for GNOME 2.26). I hope to avoid situations like that this time! If you are interested, take a look at this bug report from Andre Kappler to see how it’s done.

Teclas multimídia sem necessidade de configuração

Esse Natal eu me dei um teclado Microsoft Comfort Curve 2000, como forma de aliviar um pouco minha tendinite. Para minha surpresa, quando eu o conectei as teclas multimídia estavam funcionando completamente, sem necessidade alguma de configuração! O segredo está no driver evdev, que o X.org pode usar no lugar dos drivers tradicionais para mouse e teclado. O GNOME também estava configurado para deixar o X.org gerenciar o teclado, e o resultado foi que as teclas simplesmente funcionaram.

Continuar lendo