Entrevista com Rui Vilela, mantenedor do dicionário de português europeu

Rui VilelaPassados 50 dias desde minha última entrevista, trago a vocês um convidado da terra de Saramago: Rui Vilela, o atual mantenedor do “dicionário” (léxico) de português europeu. Morador de Braga, e usuário do Gentoo, Rui Vilela é mestrando do Departamento de Informática da Universidade do Minho, departamento ao qual está ligado o Projeto Natura, de que o dicionário faz parte.

Continuar lendo

Anúncios

Introdução ao Linux para pára-quedistas

Preciso colocar informações no meu blog para quem não sabe coisa alguma de Software Livre.

A Turma da Mônica, como já foi dito, é um dos meus campeões de audiência; enquanto alguns para-quedistas pesquisaram por fontes livres, outros chegaram aqui atrás de tradutores para o árabe. Por incrivel que pareça, um quinto dos meus visitantes usa o Internet Explorer!

Imagino que muitos leitores estejam por fora de software livre, Linux, l10n, GNOME, KDE, OpenOffice.org/BrOffice.org, Firefox etc. Eu estava pensando em colocar um link na coluna lateral, perto de onde agora estão Sobre e Contato, levando a uma página com uma explicação sumária contendo um link para um texto maior e/ou o site oficial.

Alguém tem alguma sugestão?

Atualização: confira a página Linux? GNOME? ao lado.

Back to work

Whoever check my activity on the GNOME SVN repository will see I’m back to work!

Now I “only” have to publish the so much delayed interview with Rui Vilela, finish the SVN Guide for GNOME Translators, coordinate the Brazilian Portuguese translation of GnuCash, translate the iso-codes package, publish a tip about VMware on Viva o Linux, enhance the message catalog syntax highlighting for Vim, …

I guess the list doesn’t end 🙂

De volta à ativa

Quem conferir minha atividade no repositório SVN do GNOME vai ver que estou de volta à ativa!

Agora “só” falta publicar a tão atrasada entrevista com Rui Vilela, terminar o Guia do SVN para tradutores do GNOME, coordenar a tradução do GnuCash, traduzir o pacote iso-codes, publicar uma dica com VMware no Viva o Linux, aprimorar o destaque de sintaxe de catálogos de mensagem no Vim, …

Acho que a lista não acaba 🙂