Del.icio.us e o Brasil

Logomarca do del.icio.usEu queria saber como (e se) os brasileiros usam o del.icio.us.

Fernando Boaglio disse que a integração com o del.icio.us é uma das extensões essenciais do Firefox. Eu imagino que sim, e estou ansioso para experimentar o Epilicious, uma extensão do Epiphany para sincronizar marcadores locais com o del.icio.us. Ainda não ativei o Epilicious porque tenho uma dúvida: será que uso etiquetas (“tags”) em português (“Brasil”, “Software livre” etc.) ou em inglês?

O Boaglio, por exemplo, parece usar um sistema misto, com algumas etiquetas em português e outras em inglês. E você, com classifica os marcadores do del.icio.us? Ou você usa outro portal?

Atualização: o Mozilla Firefox 3 deverá organizar os marcadores por etiquetas, como o Epiphany e o del.icio.us, como parte da integração entre os marcadores e o histórico. Os destemidos podem conferir o recurso na versão alfa mais recente.

Atualização 2: de acordo com o “roadmap” para o GNOME 2.22, o Epiphany também deverá integrar os marcadores ao histórico, na versão 2.22 ou posterior.

7 respostas em “Del.icio.us e o Brasil

  1. O meu também é misto, comecei usando tags em português e depois passei a usar em inglês, mas ainda não tive ânimo para converter as em português. Mas sinceramente eu não cheguei a uma conclusão se tem algum benefício usar em inglês.

    E sobre o epilicious, comigo ele funcionou umas duas vezes e depois parou de funcionar e começou a travar o epiphany😦 (acho que é problema com o ubuntu, pois ele foi retirado do pacote de extensões, mas não procurei pra ver se tinha algum relatório de bug).

  2. Eu uso tags em inglês e português, Uma coisa que faço em alguns sites mais necessários é clicar uma segunda vez no link de adicionar tags (na extensão do firefox) e adiciono uma palavra chave, assim quando estou logado via extensão uso atalhos do tipo:

    gm ………. para acessar o gmail
    ym ……….. para acessar o yahoo
    yg ………… para acessar o yahoo grupos
    dl …………. delicious
    bt …………. gerenciamento de tags do próprio delicious

    O mais legal é que ao adicionar uma palavra chave via del.icio.us ela passa a valer em qualquer lugar em que você esteja logado via extensão.

  3. eu uso algumas em português e outras em inglês.
    de vez em quando bate um desânimo, porque é chato de, ao procurar, ficar colocando as duas ou mais tags (digamos, accessibility+acessibilidade) na URL pra acessar os links. mas usar só em um idioma (seja ele inglês ou português) tem a desvantagem de não ter os teus links separados por idiomas, coisa que no meu caso faria falta.

    eu já vi quem use tudo num idioma só (no caso, em inglês) e aí criou umas tagzinhas de idiomas extras (pt_br, es, it), que devem ser incluídas quando o link em questão é daquele idioma. não sei se funciona, mas é outro jeito.

  4. Eu uso as tags tanto em português quanto em inglês. Meu critério é: se o conteúdo é em português, as tags são em português; caso contrário, vão em inglês.

    Adicionalmente, eu coloco tanto em inglês quanto em português se for um assunto que eu normalmente procuraria com o termo inglês.

  5. Eu uso o del.icio.us somente com tags em inglês, dá menos trabalho. As sugestões de tags em sua maioria é em inglês mesmo para páginas em português, mas o meu principal motivo de usar tags em inglês é que fica apenas uma tag para cada coisa e assim é mais fácil pesquisar. A idéia de colocar uma tag pt-br é interessante!🙂

    Luiz, quanto ao bug do epilicious, eu enviei uns relatórios para o autor e parece que foi resolvido, pelo menos tinha parado de dar esse problema comigo… mas mesmo assim eu desisti de usá-lo. Eu coloquei um bookmark de pesquisa no del.icio.us no Epiphany e um botão “bookmarklet” para adicionar as páginas no del.icio.us. Fica bom assim.

    Quem for testar o epilicious, faça backup dos seus bookmarks no del.icio.us, pois quando eu desativei ele, deletei todos os bookmarks do epiphany e depois, quando fui testar se o bug tinha sido concertado, ativei novamente e ele começou a remover meus bookmarks no del.icio.us. Isso porque o epilicious mantém uns arquivos em ~/.gnome2/epiphany/plugins com informações para fazer comparações do que foi mudado no seus bookmarks para sincronizar com o del.icio.us. Remova esses arquivos quando quiser testar futuramente o epilicious!😉

    Eu não acho o epilicious muito eficiente. Acho que dá pra fazer algo mais interessante, porém creio que seja limitação da API para plugins do Epiphany. Espero que isso mude com o tempo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s